Serviço Social

O Técnico de Serviço Social colabora com as Famílias, identifica as suas necessidades, as suas competências, acompanhando-as no processo de reabilitação dos seus filhos. Este acompanhamento deverá ser de forma interativa ao nível do indivíduo, do grupo e da comunidade.

O Técnico de Serviço Social integra a equipa multidisciplinar e desenvolve trabalho em diferentes níveis:

Nível Familiar:

  • Realiza entrevistas de acolhimento e acompanhamento das famílias no Centro e no domicílio, ajudando-as a equacionar problemas pessoais, familiares, ou outros, fomentando uma decisão responsável;
  • Reúne informações suscetíveis de dar resposta às necessidades dos utentes e seus familiares, dando conhecimento dos direitos e deveres e respetiva legislação em vigor;
  • Estuda o meio sócio – económico e familiar dos utentes;
  • Promove a ligação Instituição/Família – Família/Instituição, sensibilizando e orientando as famílias para a reabilitação dos seus filhos e para o seu papel preponderante nesse processo.

Nível da Equipa:

  • Participa na programação/execução de planos de intervenção terapêuticos de reabilitação e habilitação, bem como no planeamento global do trabalho de equipa;
  • Participa na avaliação das necessidades de ajudas técnicas para a apresentação de proposta de atribuição, aquisição e financiamento das mesmas;
  • Participa na avaliação das condições habitacionais com vista à melhoria da qualidade de vida do utente e da família, visando o reconhecimento das necessidades de adaptação e, consequentemente uma melhor funcionalidade;
  • Participa no âmbito da investigação - ação.

Nível do Meio Envolvente:

  • Promove a adaptação e integração do utente na família, na escola, na comunidade, tendo em vista a sua inclusão na sociedade;
  • Promove ações de apoio social, afetivo, de natureza preventiva e reabilitadora;
  • Informa, orienta e encaminha para outros recursos da comunidade;
  • Estabelece contactos e articula-se com outros serviços ou técnicos das áreas da saúde, educação, segurança social, autarquias e outros, sempre que necessário;
  • Participa em projetos de desenvolvimento local e/ ou comunitário.